ANICT

Towards a sustainable research career with progression based on merit

Existência de conflitos de interesse no concurso Research 4 Covid-19

A pandemia COVID-19 levantou inúmeras dificuldades à sociedade portuguesa, mas o país como um todo foi e continua a ser um exemplo de dinamismo e solidariedade assumindo-se como uma sociedade madura capaz de superar as piores adversidades. A comunidade científica deu um exemplo digno de registo, com centenas de investigadores de várias instituições a voluntariarem-se no sentido de contribuir para o aumento significativo da capacidade nacional de diagnóstico clínico (passamos de 50 ensaios diários para cerca de 14.000), com o desenvolvimento de novos ventiladores, na monitorização da evolução da doença em Portugal, no apoio à proteção civil, entre tantos outros exemplos.

A FCT, igualmente atenta ao problema, lançou várias oportunidades específicas de financiamento de forma a reforçar a capacidade das instituições em responder a este enorme desafio societal. Desde projetos específicos para desenvolvimento de novos métodos de diagnóstico ou novos produtos de proteção e/ou desinfeção, até ao financiamento de programas específicos de doutoramento dentro da temática do COVID-19. Todas estas iniciativas são louváveis e demonstram uma capacidade excepcional da FCT de se adaptar a situações de emergência nacional.

Infelizmente, após a divulgação dos resultados do primeiro concurso Research 4 Covid-19, verifica-se que dos 66 projetos aprovados, 3 foram atribuídos a membros que participaram no processo de avaliação, uma clara violação do código do procedimento administrativo. Lamentavelmente, o conflito de interesses em concursos geridos pela FCT é um tema recorrente, que a direção da ANICT tem vindo a reportar. Lamentamos, assim, que num momento de grande crise, onde felizmente a comunidade científica conseguiu destacar-se pelo seu melhor, surja esta mancha na credibilidade dos processos de avaliação científica.

Com o intuito de fazer cumprir as regras de transparência nos vários procedimentos administrativos, a ANICT enviou um ofício quer à FCT, quer ao Sr. Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a reportar este caso específico e apelar para que seja cumprido na o código do procedimento administrativo em concursos futuros.

 

Comments are closed.

%d bloggers like this: