ANICT

Towards a sustainable research career with progression based on merit

Deve-se promover a extinção (progressiva) das bolsas de investigação de pós-doutoramento

A ANICT propõe assim que as atuais BIPD sejam progressivamente eliminadas, de forma a que que no final da atual legislatura deixe de ser possível continuar a atribuir BIPD. Só assim se pode verdadeiramente profissionalizar a Ciência.

O decreto-Lei 57/2016 promoveu a passagem das BPD para contratos de trabalho, mas por sua vez, o decreto-Lei 123/2019 mantém aberta a possibilidade, ainda que limitada, da atribuição de bolsas de investigação para pós-doutoramento. Reconhecendo que esta decisão está no caminho certo,  a posição da ANICT em relação a este assunto é muito clara: as bolsas de investigação devem ser usadas exclusivamente como instrumentos de apoios à formação académica, ou seja, em caso de estudantes de licenciatura, mestrado ou doutoramento. Sendo que o período de pós-doutoramento não é, nem nunca foi, formação académica, as atuais BIPD deverão ser extinguidas. 

Para mais detalhes sobre esta e outras 9 propostas da ANICT, pode consultar o documento integral aqui.

A ANICT convida toda a comunidade a participar nesta consulta pública, cujo formulário estará disponível até ao final de maio, no seguinte endereço:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfHTW7u0RQ8HEx8aSRrmhP_VyQ-doCPqB4-UnqLSIdGKS_-hQ/viewform

Comments are closed.

%d bloggers like this: