ANICT

Towards a sustainable research career with progression based on merit

Convite aos atuais alunos de doutoramento: inquérito sobre a profissionalização da ciência

Caros alunos de doutoramento:

A ANICT, associação que representa investigadores doutorados (bolseiros ou contratados), a trabalharem em Portugal, está a levar a cabo um questionário nacional que pretende averiguar a opinião dos investigadores doutorados sobre a eventual conversão de bolsas de pós-doutoramento em contratos de trabalho a termo.

A ANICT defende a necessidade desta mudança, como forma de dignificar a profissão. No entanto, esta mudança irá implicar um aumento nos custos de recrutamento de recursos humanos. A ANICT defende que o rendimento líquido anual dos investigadores não pode sofrer cortes. Sendo assim, para qualquer valor de Orçamento de Estado alocado a recursos humanos em Ciência, isso implica que ocorra um corte de ⅓ no número de novas posições para pós-doutorados. Um estudo da Universidade do Minho revelou que 96% dos doutores inquiridos é a favor desta mudança. Pretendemos agora averiguar a opinião dos investigadores a nível nacional.

Embora o questionário não tivesse sido pensado para os alunos de doutoramento, temos vindo a receber várias respostas de alunos que, eventualmente, um dia serão abrangidos por esta medida. Dessa forma, gostaríamos de convidar todos os alunos de doutoramento, integrados nas instituições nacionais, a participar neste breve questionário, disponível no seguinte endereço:

http://goo.gl/forms/Duxmi9fwL1

O prazo para submeter respostas termina no dia 30 de Abril.

Obrigado pela colaboração

Advertisements

7 responses to “Convite aos atuais alunos de doutoramento: inquérito sobre a profissionalização da ciência

  1. Romeu Monteiro April 20, 2016 at 10:31 pm

    A ANICT defende mandar para a rua 1/3 dos investigadores de pós-doutoramento para a rua para pagar os contratos dos restantes 2/3. Se isto é defesa da ciência, da investigação e dos investigadores, o que seria se fosse um ataque… Vergonhoso.

    • Claudia Botelho April 20, 2016 at 10:55 pm

      Caro Romeu Monteiro:
      Se leu com atenção a proposta da ANICT, aquilo que se propôs é a profisionalização da investigação, dignificada com um contrato de trabalho. A ANICT defende que esses contratos garantam a manuteção do mesmo rendimento líquido anual. Isso significa um aumento dos custos de contratação na ordem dos ⅓.

      A ANICT também tem vindo a solicitar um aumento orçamental para a Ciência.

      A questão de fundo, incontornável, é que mesmo que se aumente o orçamento para recursos humanos, ao optar-se por contratos em vez de bolsas, teremos sempre menos ⅓ de posições.

      • Romeu Monteiro April 21, 2016 at 1:22 am

        Que dignificação é essa que se faz à conta da expulsão de 1/3 dos colegas? Onde fica a dignidade deles e do seu trabalho?
        Claro que a questão de fundo é a opção bolsas vs. contratos. E a vossa posição é que vale a pena expulsar 1/3 dos colegas para os outros 2/3 terem contratos. É vergonhoso. Se não conseguem aumentar o orçamento para não terem de expulsar colegas e reduzir a produção científica, mantenham as bolsas.

        • Claudia Botelho April 21, 2016 at 11:45 am

          Caro Romeu,

          Está enganado. Ninguém defende isso na ANICT.
          A única coisa que a ANICT quis foi alertar para o facto de a passagem a contratos implicar custos acrescidos e que se não houver reforços das verbas para contratação pode haver de fato o risco de existirem menos posições.
          A ANICT defende os contratos e defende o respetivo aumento orçamental para se proceder a essa mudança.

          Caso continue com dúvidas tenho muito gosto em lhe explicar isso pessoalmente.

          Com os melhores cumprimentos

          Pela Direcção da ANICT
          Claudia

        • nunocerca April 21, 2016 at 12:43 pm

          Caro Romeu, mas porquê tanta insistência? Custa-lhe admitir que está errado? Ninguém está a expulsar ninguém, a proposta desta direcção da ANICT apenas defende que os futuros recrutamentos sejam por contratos. Isso custa mais dinheiro, ou ainda não se apercebeu disso? A ANICT também defende que haja um reforço na verba para recursos humanos. Mas, mesmo que se duplique a verba (2x), ao se defender os contratos, vamos ter sempre apenas 2/3 de 2x (ao comparar com bolsas). Mais importante do que isso (pelo menos para mim), é que a direção da ANICT está a abrir a sua proposta à comunidade, dando assim voz aos verdadeiros interessados…

  2. Andreia Amaral April 21, 2016 at 1:14 pm

    Olá Romeu,

    eu sou associada da ANICT e não foi assim que interpretei a informação disponibilizada pela ANICT. A ANICT não defende a redução de posições, a ANICT defende e muito bem a diginificação e profissionalização da carreira de investigação. Importantemente a ANICT alertou para o facto de quem sem aumento de orçamento, isto terá um custo a redução de 1/3. Eu pessoalmente defendo que 2/3 de pessoas motivadas, com financiamento para investigação e com reconhecimento institucional são mais produtivas e todos os estudos de RH de qualquer área inclusivamente na área de investigação demonstram isso mesmo! As batalhas vão-se ganhando aos poucos, temos ainda um longo percurso a percorrer, mas temos que o percorrer por objectivos!

  3. Christian Ramos April 21, 2016 at 2:54 pm

    Em primeiro lugar quero deixar claro que defendo que o sistema tem poucos investigadores. tendo dito isto, não somos menos que qualquer outro trabalhador, e por tal, TEMOS que ter os mesmos direitos e deveres, e isso implica um contrato de trabalho. Caso não houvesse compromisso politico de haver dotação orçamental para aumentar o numero de recursos humanos (amplamente divulgado na comunicação social), poderia haver algum receio de o sistema diminuir. Aqui, obviamente que haverá os investigadores mais produtivos e os menos, e de facto estes ultimos poderiam ter alguma preocupação. De facto, EU estou absolutamente confiante que o numero de investigadores será no minimo mantido igual, e que haverá aumento da dotação orçamental para que TODOS possam beneficiar de um CONTRATO DE TRABALHO!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: